»

Set 30

Viagem à Ilha Verde: Descobrindo São Miguel

Hoje venho falar-vos de um lugar especial, de um lugar que me viu crescer, a ilha de São Miguel. É a maior ilha do Arquipélago dos Açores localizada a oriente do Arquipélago, chamada também de “Ilha verde”. Prepare-se para ir descobrindo São Miguel comigo, neste artigo preparei um plano para famílias e para os mais românticos.

Ao chegar e para ir descobrindo São Miguel comigo, sugiro que a sua visita comece pela cidade de Ponta Delgada, dona de uma rica história e de um vasto património, tem um ambiente cosmopolita e possui jardins românticos e ruas estreitas.

Igreja da Matriz

Um dos locais de visita obrigatória é sem dúvida a igreja da Matriz, data o século XVI, esta igreja foi construída em estilo Tardo-Gótico e uma das suas portas é de estilo manuelino. A sacristia está decorada com azulejos azuis e com elementos decorativos e bancos datados do século XVII, feitos em madeira brasileira de jacarandá.

Portas da cidade

Ex-líbris da cidade de Ponta Delgada, foram construídas no século XVIII junto ao extinto cais e depois transferidas para a Praça Gonçalo Velho. São constituídas por três arcos, ostentando no meio o brasão das armas reais e da cidade, estas portas são o cartão de visita da cidade. Dizem que quem lá passa voltará a visitar a cidade, ou para os mais apaixonados, quem por elas passar irá com certeza casar.

Portas do Mar

É a mais recente zona de lazer e comércio da cidade, foram inauguradas a 5 de Julho de 2008. É  de destacar a oferta diversificada a nível de lojas e espaços comerciais, tais como restaurantes, bares e lojas com outros serviços, entre outras actividades.

Jardim António Borges

O emblemático Jardim António Borges é um dos maiores espaços verdes da maravilhosa cidade de Ponta Delgada. Outrora fazia parte da propriedade de António Borges Medeiros, um negociante e político Açoriano que se interessava muito por botânica e tinha gosto em inserir novas espécies exóticas na ilha.

Este bonito espaço verde retrata o espírito romântico do século XIX e hoje é palco de várias actividades, entre elas desportivas, lúdicas e até mesmo culturais.

Se viaja em família preparei-lhe um par de actividades em que todos poderão participar, eis aqui algumas das muitas sugestões que esta ilha encantada oferece:

Descobrindo São Miguel em Família

Observação de cetáceos

Os Açores acolhem diversas espécies de baleias residentes e migratórias, podem ser avistadas mais de 20 tipos de cetáceos nas águas profundas do Atlântico. Com a presença das baleias e dos golfinhos, o nosso mar torna-se um local chave para a observação dos mesmos. E se tiver sorte em avistar um cachalote, não se esqueça de marcar este momento tão único com uma fotografia.

Ilhéu da Vila Franca do Campo

Situado a 1km da costa, este lugar é o resultado de uma cratera de um antigo vulcão e é dos principais pontos turísticos da ilha de São Miguel, especialmente desde que se celebrou uma das etapas do Red Bull Cliff Diving, o campeonato mundial de saltos. É uma reserva natural, com vegetações endémicas e no seu interior existe uma piscina natural em forma quase perfeita circular que se comunica com o mar. A travessia faz-se de barco e dura cerca de 10 minutos, vale a pena ir cedo pois a entrada é limitada a 400 pessoas por dia.

Passeios a Cavalo

Nada melhor do que levar a sua família a fazer algo diferente, e porque não experimentar praticar actividades equestres? São Miguel é o local ideal para isso.

Além disso, os cenários deslumbrantes da ilha e os seus pastos verdejantes são o cenário perfeito para praticar esta actividade e experienciar alguma aventura enquanto vislumbram uma paisagem de cortar a respiração.

Sete Cidades- Vista do Rei

Considerada em 2010 como uma das 7 maravilhas naturais de Portugal, esta paisagem é o cartão de visita por quem aqui passa e procura informações sobre a Ilha Verde. A vista por onde se pode vislumbrar esta poderosíssima paisagem recebeu o nome de “Vista do Rei” aquando da visita do rei D. Carlos ao visitar o local e reconhecer que o que via era digno da realeza. Uma parte verde e outra azul, este local está envolto de misticismo. Reza a lenda  que aqui morou uma princesa que tinha uns lindos olhos azuis, e um dia apaixonou-se por um pastor de olhos verdes, mas queria o Rei que o seu destino fosse com um príncipe de “boas famílias”. Assim, proibiu a princesa de o ver mais.O casal chorou tanto que formaram as lagoas com a cor dos seus olhos respectivamente.

Viagem Romântica

Se viaja com o seu par e procura um refúgio romântico, este cantinho no meio do Atlântico é o lugar ideal para as suas férias. Não quer dizer que não possa completar com as actividades acima referidas, atenção. Aqui ficam as minhas sugestões:

Caldeira Velha

Com nascentes de água quente e de origem termal ao caírem formam cascatas de uma cor acastanhada, mas não se assuste, isto deve-se à elevada abundância de ferro na água. Aliás, em São Miguel é muito comum encontrar caldeiras e fumarolas. Relaxe e desfrute das espécies naturais tão típicas da ilha que fazem justiça ao seu nome e desfrute de um belo banho quente para relaxar.

Furnas e Parque Terra Nostra

Quem vem visitar a ilha e quiser passar um tempo em casal, nada melhor do que ir dar um passeio ao pacato vale encantado das Furnas. É imprescindível um passeio pela Lagoa das Furnas e as Caldeiras onde brotam geisers de água a ferver e com as suas famosas lamas medicinais.

De visita obrigatória é o Parque Terra Nostra, um jardim centenário criado há mais de 200 anos por Thomas Hickling, oriundo de Boston que se apaixonou pela ilha de São Miguel e pelas Furnas. É um local único com espécies de árvores e plantas de todo o Mundo. Mas o que atrai mesmo é a piscina de água termal a uma temperatura entre os 35 e os 40º graus proporcionando uma sensação de relaxe e repouso.

Já que está nas Furnas, porque não deliciar-se com o famoso cozido das Furnas? É um típico cozido à portuguesa, mas a sua forma de cozinhar e o seu sabor é o que difere do comum cozido à portuguesa e o facto de este ser cozido com o calor da terra.

Nordeste

É um local distinto,  vales e montanhas impõem-se e podemos ver a força da natureza na sua plenitude.

Ponta do Sossego

Miradouro que faz justiça ao seu nome, um dos vários que se podem encontrar pela costa norte desta fabulosa ilha. Situado no concelho de Nordeste, o Miradouro da Ponta do Sossego tem uma beleza singular, ali poderá presenciar o verdejante da ilha e o enorme oceano Atlântico.

Parque Natural de Ribeira dos Caldeirões

Este local espelha uma beleza natural que encanta a todos os que o visitam. É um dos locais mais procurados no Nordeste. Oferece uma vegetação variada em conjunto com as águas límpidas da Ribeira onde podemos vislumbrar belas quedas de água.

Ao longo do parque podemos encontrar Moinhos de Água em que num deles funciona um Museu Etnográfico.

Muito mais ficou por dizer e mostrar, se é natural de São Miguel que outros lugares aconselharia visitar? Já alguma vez visitou a ilha de São Miguel?

Se gostou deste post não se esqueça de visitar o post sobre como organizar uma mala de viagem.